Guia de Cultivo: 8 Dicas para Orquídeas Crescerem

0
94
Orquídea Sapatinho
Orquídea Sapatinho

Criar orquídeas é uma arte. E para ajudá-lo a dominar ainda mais esta
nobre arte, criamos uma lista de oito dicas para te ajudar no cultivo dessas amadas flores.

Conheça suas Orquídeas

São mais de trinta mil espécies de orquídeas diferentes em mais de
seis continentes. Cada qual com suas características e peculiaridades. A melhor maneira de plantar uma orquídea pode ter várias respostas. O melhor é conhecer o tipo de orquídea que você vai plantar. Se não souber o nome exato da orquídea, ao menos saiba
o gênero. Após descobrir qual orquídea você está cultivando, procure os requisitos básicos para aquela espécie, como luz, água, temperatura, etc.

Orquídea Florescendo
Orquídea Florescendo

Não utilize gelo

Um mito comum é que deve-se regar orquídeas com água gelada, utilizando
cubos de gelo. Eis uma forma errada de hidratar as suas plantas. As orquídeas são flores predominantemente tropicais. Utilizar gelo apenas vai encurtar o tempo de vida da sua plantinha.

Escolha bem a área de cultivo

As orquídeas têm muitas espécies e elas evoluíram durante milhões
de anos. Por essa grande variedade e evolução, elas aprenderam a gostar de condições muito ímpares. Algumas são mais flexíveis que outras, porém a maioria requer um ambiente particular para o bom crescimento. Então, ao escolher o lugar que você vai plantar,
pense nas condições que elas naturalmente viveriam. Se você tem uma estufa, você tem muito mais controle de quem vai plantar uma orquídea em um jardim. Lembre-se de adaptar o ambiente as necessidades da sua planta.

Não exagere na fertilização

As orquídeas evoluíram em diversas condições de modo que elas não
necessitam tanto de fertilizantes. Saiba que a maior parte das espécies são muito sensíveis aos sais e fertilizantes.

As recomendações são para fazê-lo somente no verão (período de crescimento das flores) e utilizar o fertilizante com moderação. Outra dica
é nunca utilizar a dosagem total do fertilizante, mesmo os feitos especificamente para orquídeas. Utilize metade e é o suficiente.

Aprenda a adubar suas orquídeas arqui: Adubação das orquídeas: É preciso Fazer?

Adubo para orquídeas
Adubação de orquídeas

Invista em qualidade

Opte por escolher fornecedores de qualidade. Pois nem sempre as orquídeas
vão ser bem cuidadas no local onde você comprou, gerando um estresse para a planta e reduzindo o seu tempo de vida (e florescimento). Então sempre opte por comprar as suas plantas e os seus equipamentos (adubos, fertilizantes, etc.) em fornecedores da mais
alta qualidade.

Faça perguntas ao comprar

Para saber o que a orquídea que você tá comprando gosta, a melhor
forma é fazer perguntas para o vendedor. Assim você também pode descobrir das condições que a planta recebeu recentemente.

Estude as pragas

Você não precisa ser um especialista em doenças de flores. Mas é muito
bom conhecer algumas das principais pragas para que tenha uma reação rápida logo que elas surgirem.

Saiba mais acessando este artigo: Controle de pragas e doenças

Mantenha um fluxo de ar

Se você cria muitas orquídeas, há um problema que geralmente é pouco
comentado: o fluxo de ar. O ar parado pode corroborar para o surgimento de insetos que podem ser potenciais predadores das suas amadas plantas. Então certifique-se de garantir um fluxo de ar ao local de cultivo.

Conheça o melhor guia de cultivo de orquídeas, que reúne todas as técnicas que você precisa saber pra ter orquídeas de exposição em sua casa, Confira: Guia Definitivo das Orquídeas

E aí, gostou das dicas? Você tem dúvidas? Comente abaixo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Digite seu nome aqui