Como cuidar de orquídeas Cattleya

As orquídeas Cattleya são epífitas, isto é, preferem viver em troncos de árvores ou substratos rústicos (grossos).

Segundo estimativas são as orquídeas mais vendidas no Brasil, devido a sua beleza e facilidade no cultivo.

Existe uma grande variação na coloração das orquídeas cattleya, uma vez que os orquidófilos realizam diversos cruzamentos obtendo plantas cada vez mais exóticas.

Alguns Tipos de orquídeas Cattleya

  • Aurantiaca: possui flores que atingem cerca de 5 centímetros, sendo considerada de porte médio. Geralmente se desenvolve bem com a iluminação natural indireta, tolerando o calor. O período de floração ocorre no inverno.
Orquídeas Cattleya

Cattleya aurantiaca

  • Chocoensis: é intolerante ao frio, sendo que temperaturas inferiores a 10°C. Em regiões de clima quente levam cerca de um ano para florescer.
Cattleya chocoensis

Cattleya chocoensis

  • Elongata: uma característica marcante dessa espécie são as hastes florais longas e é bem tolerante com o sol da manhã (antes das 9 horas). A média de tempo que leva para florescer é de 2 a 3 anos de cultivo.
Cattleya elongata

Cattleya elongata

  • Intermedia Coerulea: se trata de uma orquídea considerada de cultivo simples. Seu tamanho atinge cerca de 10 centímetros, florescendo pelo inverno.
cattleya intermedia coerulea

cattleya intermedia coerulea

  • Intermedia Tipo AD: sua tonalidade é influenciada por várias características, inclusive a sementeira influencia na forma e cor, por isso é possível encontrar uma grande variação de cores.
Cattleya intermedia AD

Cattleya intermedia AD

  • Labiata Tipo AD: tem o hábito de florescer após um ano, emitindo flores perfumadas e grandes. Elas preferem pouca umidade.
Cattleya Labiata

Cattleya Labiata

  • Lueddemanniana tipo AD: essa espécie é plantada a meia sombra, tendo o hábito de formar touceiras quando cultivada corretamente. É bem tolerante ao clima quente.
cattleya Lueddemanniana tipo AD

Cattleya lueddemanniana tipo AD

  • Cattleya maxima: emite flores a partir de um ano de cultivo, com flores de tamanho variando de médio ao máximo. Tendo cerca de 12 centímetros e formando cachos de até 6 flores.
Cattleya maxima

Cattleya maxima

  • Cattleya walkeriana: é considerada a orquídea mais perfeita que existe graças ao equilíbrio e simetria de suas formas. Possui variação entre o lilás e o branco, e um cheiro agradável de canela.
Cattleya Labiata

Cattleya Labiata

Como vivem as orquídeas cattleya

Clima

As cattleyas gostam de um clima relativamente quente, sendo que temperaturas variando entre 18 e 25°C são ideais ao seu desenvolvimento.

São plantas que preferem receber luz indireta, o que influencia diretamente na coloração e qualidade das flores. Sol pleno acaba danificando as folhas e fazendo com que as flores murchem.

Folhas muito escuras são indicativos de que está recebendo pouca luz, quando estão amareladas indicam queimaduras por excesso de sol.

 

Substrato adequado às orquídeas Cattleya

As espécies cattleya preferem pouca umidade, portanto deve-se dar preferência a substratos que retenham pouca água. Em vasos, os substratos recomendados são cubos de coco, casca de pinus, britas (pedras) e esfagno (em pequena quantidade).

Outra alternativa é fixa-las em troncos de árvore, acompanhadas de um pouco de esfagno para proteger as raízes.

Nos vasos elas devem ficar com as raízes cobertas, entretanto é importante manter o rizoma fora do substrato, para facilitar o arejamento da planta.

Uma boa sugestão é trocar o substrato anualmente, logo após a floração. Substratos antigos acumulam musgo, se dissolvem e começam a reter mais umidade que o necessário.

Outro sinal do momento certo para trocar o substrato é as raízes saindo do substrato.

substrato para orquídeas

Substrato para orquídeas

Turno de regas

As orquídeas cattleya devem ser regadas por volta de uma vez por semana. Em períodos mais quentes, recomenda-se realizar até duas regas por semana.

Antes de realizar a rega, é sempre bom fazer o teste de umidade: inserindo um dedo no canto do vaso e verificar o quanto o mesmo está seco e realizar a dosagem da água baseado na quantidade de umidade presente no substrato.

É sempre bom evitar molhar as folhas e flores, evitando assim o surgimento de fungos. Sempre molhar apenas o substrato e deixar que a água escorra.

Vale lembrar que não é necessário colocar pratinhos abaixo dos vasos.

 

Adubação das cattleyas

A adubação é importante para a manutenção das orquídeas cattleya, principalmente quando queremos muitas flores belas.

Todo nutriente necessário deve ser fornecido, haja vista que os substratos grossos não são muito ricos em elementos naturais.

O ideal é a utilização de adubação foliar, que pode ser aplicado 1 ou 2 vezes por mês em pequenas quantidades. Lembre-se menos é sempre mais.

As formulações indicadas são os adubos (solúveis em água) 10-10-10 ou 20-20-20, respeitando sempre as recomendações do fabricante no rótulo do produto.

Alguns adubos já vem prontos para aplicação imediata, mas estão descritos no rótulo a forma correta de uso.

Fertilizante de orquídeas

Fertilizante (ilustrativa)

Pragas e Doenças

Ao cultivar orquídeas cattleya é comum o aparecimento de algumas pragas, sendo que as mais comuns são lesmas e caracóis, cochonilhas, pulgões e percevejos.

Também é muito comum o aparecimento de doenças fúngicas, mas o principal meio de evitar é o controle da umidade.

Para o combate das pragas citadas são utilizados produtos químicos que podem ser encontrados em qualquer loja de produtos agrícolas ou se preferir, podem ser utilizados produtos orgânicos e receitas caseiras.

Em artigos anteriores ensinamos algumas receitas eficazes, incluindo o uso do leite e plantas defensivas.

Você pode encontrar clicando em: Receitas caseiras e também Plantas defensivas.

 

Cattleya leopoldii

Não falamos sobre ela no texto, entretanto segue abaixo um vídeo de uma exposição sobre ela


Esperamos que tenham gostado, curta nossa fanpage e compartilhem nas redes socias!

Forte abraço!

Fique por dentro de nossas atualizações!

5 Comentários

  1. Pingback: Cuidados com orquídeas vanda

    • Jardineiro

      Nós é que agradecemos sua visita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *